No supermercado, é possível encontrarmos uma grande quantidade de alimentos com slogan “fit”, light ou com apelos mais saudáveis, como bolachas, salgadinhos e bebidas, em geral.

O que acontece é que as marcas denominam os produtos ‘’fit’’ por conterem fibras, cereais, grãos ou farinha integral na composição, o que não anula o fato de também conterem açúcar refinado e gorduras em excesso, o que por sua vez contribuem para o ganho de peso, desenvolvimento de doenças crônicas ou até prejudicar o desempenho do indivíduo que busca melhorar seus hábitos alimentares, pois não conferem benefício nutricional nenhum, além de não terem valores calóricos diferentes dos produtos ‘’tradicionais’’, quando colocamos em comparação.

É importante entendermos os rótulos alimentares e observar os alimentos que fazem parte da composição desses produtos para que não sejamos enganados e até prejudicados, nutricionalmente.

Muitas vezes, os produtos ‘’fit’’ são opções mais práticas, mas não saudáveis, porque passam por diversas etapas de processamento e adição de ingredientes inorgânicos (conservantes, aromatizantes, acentuadores de sabor, corantes etc.) no produto final, deixando de ser um alimento in natura.

Por isso que o recomendado é o consumo de frutas, legumes crus em palitos, castanhas e outras sementes, como lanchinhos naturais para o consumo durante o dia. Assim, você garante mais saciedade, maior biodisponibilidade de vitaminas e minerais e mais saúde para o seu organismo.

Você saudável é a nossa meta!