O que é a asma?

Uma condição de saúde em que as vias aéreas do indivíduo ficam inflamadas, estreitas e inchadas. Nesta situação, há também aumento da produção de secreção nasal e, consequentemente, dificuldade para respirar. A asma pode ocorrer em qualquer idade, é uma doença crônica e com intensidade de sintomas variáveis de uma pessoa para outra.

As causas ainda não são bem conhecidas, mas acredita-se que esteja relacionada à um conjunto de fatores genéticos e ambientais.

É uma das doenças crônicas mais comuns em todo o mundo e afeta cerca de 300 milhões de pessoas, com uma estimativa de 20 milhões de pessoas, somente no Brasil.

A asma pode causar sintomas como: dificuldade respiratória, dor ou sensação de aperto no peito, falta de ar, chiado e tosse.

Quais são os principais fatores que podem causar uma crise ou piorar a asma?

Os principais fatores são: ácaros, fungos, pólens, pelos de animais de estimação, fezes de barata, infecções virais, fumaça de cigarro, poluição do ar, exposição ao ar frio, estresse emocional e até mesmo, o aumento de peso.

A sensibilização e os conhecimentos sobre a doença, auxiliam na melhora da qualidade de vida, com redução do número de crises asmáticas, internações e até mesmo, o número de mortes. Listamos abaixo alguns cuidados relacionados a doença:

Tenho asma. Quais os principais cuidados que devo tomar?

– Mantenha os ambientes sempre limpos, a fim de evitar o acúmulo de sujeira e poeira;

– Evite cheiros fortes e opte por utilizar produtos neutros ou sem cheiro, tanto em seu cuidado pessoal, como no do ambiente;

– Prefira não utilizar perfumes;

– Não fume, evite o contato com a fumaça e com pessoas fumantes;

– Mantenha uma alimentação balanceada e saudável e beba bastante água;

– Realize os testes de pele para identificar possíveis alergias a alguma substância específica. Isto ajuda a nortear o tratamento da doença;

– Evite locais com fumaça, cheiros de tinta, de produtos de limpeza ou de higiene pessoal;

– Evite se expor a mudanças bruscas de temperatura;

– Exercite-se de forma moderada todos os dias, de acordo com orientação médica;

– Mantenha seu peso ideal;

– Mantenha-se atento ao surgimento de sintomas, intensidade e duração dos mesmos. Busque auxílio médico, se necessário.

A asma não tem cura, mas tem tratamento. Procure um pneumologista!

Respire o melhor da vida!