Qual a importância de se falar em uso racional de medicamentos? 

Quando falamos em uso racional, isto quer dizer que o medicamento foi indicado por um profissional de saúde com a habilitação e competência necessárias para a função.  

A prática da automedicação traz sérios riscos à saúde, pois o uso de medicamentos de forma inadequada pode causar reações como dependência, intoxicação e até a morte. Logo, o objetivo da data é alertar a população quanto ao risco do uso de medicamentos por conta própria. 

A realização de uma avaliação médica para a indicação de uso de algum tipo de medicamento é de grande importância para garantir o uso seguro e livre de danos causados por interações, uso de substâncias que não sejam indicadas para seu quadro clínico.  

O uso de medicamentos por conta própria pode mascarar sintomas de alguma alteração de saúde que possa estar acontecendo em seu organismo, causar complicações de doença, lesões em determinados órgãos e intoxicações. 

Nem sempre o medicamento que foi indicado para uma pessoa é o mesmo que poderá te ajudar, pois o efeito esperado do medicamento depende do histórico de cada um, questões alérgicas, idade e outros fatores. 

Você sabia? 

No estado de São Paulo, metade do número de casos de intoxicações são causadas pelo uso de medicamentos sem indicação médica, e em todo o país são registrados dois casos de intoxicações por hora. 

Em casos onde haja a necessidade de orientação médica por casos de envenenamento e complicações relacionadaso Hospital das Clínicas, conta com um serviço orientação telefônica gratuita 24 horas (Ceatox). O número para atendimento é: 0800-148-110. 

Cuidados a serem tomados com relação ao uso de medicamentos 

 Evitar fazer uso de medicamentos não indicados por um profissional; 

  • Não faça uso de medicamentos, suplementos ou vitaminas sem a orientação de um profissional de saúde ou de medicamentos fora do prazo de validade; 
  • Em casos de dúvidas relacionadas ao uso de medicamentos ou sobre a prescrição busque orientação de um médico ou farmacêutico; 
  • Evite fazer o uso de bebidas alcóolicas, caso faça o uso de algum tipo de medicamento e quando for tomá-los somente o faça com água, evitando outras bebidas, pois estas podem interferir na ação do remédio; 
  • Não abra as cápsulas, não amasse os comprimidos e não dilua o conteúdo em água ou outro líquido sem a orientação do médico, dentista ou do farmacêutico; 
  •  Não misture medicamentos sem a devida orientação. O uso de um medicamento pode prejudicar o efeito do outro ou causar alguma reação inadequada; 
  • Faça uso do medicamento da forma indicada por seu médico, isto é: dosagem correta, no horário estabelecida, tempo e forma indicada; 
  • Faça o descarte e o armazenamento de forma correta, evitando guardá-los em lugares quentes e úmidos. 

 Automedicação: Uma prática que coloca sua saúde em risco!