Como anda sua pressão arterial? 

A hipertensão arterial sistêmica, comumente conhecida como pressão alta, é uma doença crônica, isto é, que não tem cura, porém pode ser tratada através de medicamentos e, principalmente, a partir da mudança de hábitos de vida. Essa doença ataca os vasos sanguíneos (veias e artérias), coração, cérebro, rins, olhos e outros órgãos.  

Esta doença é identificada a partir de realizações de medidas da pressão arterial que se mantém frequentemente acima de valores de 140×90 mmHg, valor considerado limítrofe. 

Quais são os principais fatores de risco? 

  • Consumo de bebidas alcoólicas e o uso de tabaco; 
  • Sobrepeso e obesidade; 
  • Exposição constante ao estresse; 
  • Consumo de altos níveis de sódio e açúcares (alimentos como: enlatados, embutidos, alimentos industrializados e guloseimas); 
  • Altos níveis de colesterol (principalmente o LDL, conhecido como colesterol ruim);
  • Sedentarismo.

Além desses fatores de risco, sabe-se que a incidência de pressão alta é maior na raça negra e o risco de desenvolver a doença aumenta com a idade. Observa-se maior número de casos entre homens com até 50 anos, mulheres acima dos 50 anos e em diabéticos. 

Somente um médico poderá orientar qual o melhor método de tratamento para cada pessoa e se há necessidade do uso de medicamentos. Contudo, em qualquer situação, é fundamental a readaptação do estilo de vida. 

Formas de prevenir ou tratar a hipertensão através de um estilo de vida mais saudável: 

  • Realize o controle de seu peso corporal (por meio da alimentação e atividades físicas); 
  • Busque reduzir o consumo de sódio, gordura, açúcares e alimentos industrializados; 
  • Utilize temperos naturais para preparar sua comida e retire o saleiro da mesa. Essas ações ajudam na redução do consumo do sódio; 
  • Pratique atividades físicas moderadas regularmente; 
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas e o tabaco;
  • Mantenha seu acompanhamento médico regular, de preferência com um médico fidelizado, que conheça seu histórico de saúde; 
  • Mantenha uma dieta mais natural, com a presença de verduras, legumes e frutas. 

Cerca de 30% de nossa população possui a doença, porém, cerca da metade dessas pessoas não sabe que possui e isso se deve a ausência de sintomas claros, até que surjam complicações causadas pelo aumento da pressão arterial.  

A hipertensão e os problemas cardíacos são a principal causa de morte em todo o mundo e esta, aumenta o risco de ocorrência de infartos, insuficiência cardíaca, acidentes vasculares encefálicos e doenças renais. 

Quem se cuida, vive mais! 

Abaixar a pressão, é mais vida ao coração!