O que você sabe sobre o autismo?

O autismo é um transtorno de desenvolvimento, que em geral, é identificado logo na infância e que se encontra dentro de um conjunto de outras condições (que possuem graus diferentes de gravidade), que juntas compõem o chamado espectro autista.

A maioria dos indivíduos que possuem a condição é do sexo masculino.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, 70 milhões de pessoas em todo o mundo são autistas.

Você sabe quais são as características do autismo?

  • Dificuldade de interação social (ou até mesmo a ausência completa de contato interpessoal);
  • Dificuldade de domínio da linguagem, fala e compreensão;
  • Comportamento repetitivo e restritivo;
  • Atenção voltada para si mesmo, em diversos momentos, não estabelecendo contato visual e nem com o ambiente onde se encontra;
  • Incômodo causado pela luz e por ruídos;
  • Preferência pelo consumo dos mesmos alimentos;
  • Dificuldade de controle de funções motoras e concentração;
  • Realizar a seleção de comidas, objetos e pessoas através do cheiro;
  • Preferência por andar descalço.

A intensidade dessas características é bastante variável de pessoa para pessoa.

As causas do desenvolvimento do autismo ainda são desconhecidas. Acredita-se que possa estar relacionada à fatores genéticos.

Como lidar com o autismo?

Não existem tratamentos específicos para a condição e cada indivíduo necessita de uma abordagem e acompanhamento individual, considerando seu grau de gravidade e necessidades.

O autismo não tem cura. Em todos os casos indica-se o acompanhamento com uma equipe multiprofissional.

É recomendável a todas as pessoas de convívio familiar realizar acompanhamento psicológico para melhor entender as formas de lidar com a condição, além de seus próprios sentimentos e dificuldades relacionadas.

Encontrar uma forma ou meio de comunicação com o autista é fundamental, pois auxilia na identificação de necessidades do mesmo, facilitando também a aprendizagem e inclusão social.

O sistema único de saúde (SUS) disponibiliza centros de reabilitação especializados (voltados à parte intelectual), com diversos tipos de serviços que podem atender e ajudar no desenvolvimento de pessoas que possuam autismo, em todo o território nacional.

O autismo não é uma doença, é apenas uma diferença!