Com a chegada do verão, é necessário redobrar nossos cuidados com a saúde e aqui vão algumas dicas relacionadas as condições mais comuns nesta estação!

Exposição excessiva ao sol, queimaduras, brotoejas e insolação

A exposição ao sol torna-se mais frequente nesta época do ano, devido a temperatura agradável para a realização de diversas atividades, muitas delas em locais abertos, porém, a exposição em demasia pode acarretar danos à saúde!

Dentre as condições que podem ser causadas, estão: as queimaduras, brotoejas e até mesmo a insolação, situações que causam lesões de pele (em diferentes graus) e o organismo apresenta dificuldades de realizar seu processo de resfriamento, por meio da transpiração.

A fim de prevenir a ocorrência destes quadros, medidas podem ser adotadas, como: a utilização do protetor solar, exposição ao sol entre os horários com menor incidência de raios solares, uso do guarda-sol, uso de vestuário leve e acessórios (bonés e chapéus) e hidratação. Além do uso de hidratantes ou loções pós sol, para cuidados com a pele!

Hidratação

Nosso organismo, em sua totalidade, é composto principalmente por água. Possuímos a capacidade de realização da troca de calor com o ambiente através da transpiração, processo que ocorre ininterruptamente.

O consumo de água é de extrema importância para a regulação da parte hemodinâmica, de temperatura e a continuidade de demais funções do organismo, como: no processo de digestão, funcionamento intestinal e até mesmo, cerebral.

Hidratar-se no verão é ainda mais importante, pois em altas temperaturas, nosso corpo elimina mais água para realizar estas funções!

Intoxicação alimentar

A intoxicação alimentar ocorre, de modo geral, através do consumo de alimentos contaminados por diversos tipos de bactérias. Diante disso, a prevenção deste quadro está associada a questões de higiene, como: o saneamento básico, o preparo correto de alimentos, lavagem e higienização correta das mãos antes e depois de ir ao banheiro.

Uma dica importante: manter a atenção as condições de higiene dos locais onde fará suas refeições!

Picadas de insetos

Durante o verão, os insetos considerados vetores, se proliferam mais e são, em sua maioria, transmissores de doenças, como: dengue, malária, febre amarela e chikungunya, além disso, podem causar irritações locais e alergias.

Para a prevenção desta situação, podemos utilizar ações, como: o uso de vestimentas leves e longas e que cubram uma maior parte do corpo, o uso de repelentes, telas em janelas. Além de medidas coletivas, como: tampar caixas de água, manter atenção a locais e reservatórios que possam viabilizar a reprodução destes.