Doar sangue é bom? Por quê?

Doando sangue, você:

  • Salva vidas! Este é um grandioso ato de solidariedade!
  • Faz a reposição das células vermelhas do sangue! Este processo faz bem para o coração!
  • Diminui o risco de câncer, pois com a doação ocorre a redução do excesso de ferro no sangue, reduzindo também, o risco para o desenvolvimento de alguns tipos do câncer, como: fígado, pulmão e garganta.
  • Recebe check-up completo e de graça!

 

Mitos e Verdades sobre doar sangue!

Mitos:

  • Quem doa sangue uma vez, tem que doar para sempre;
  • A doação “engrossa” o sangue e entope as veias;
  • A doação “afina” o sangue, provocando anemia;
  • Doar sangue engorda;
  • Doar sangue emagrece;
  • Doar sangue vicia;
  • Mulheres menstruadas não podem doar sangue;
  • Os doadores correm risco de contaminação.

Verdades:

  • Sempre que o sangue coletado apresentar alterações, o doador é convidado a comparecer ao hemocentro para refazer os exames;
  • Após o parto normal, pode-se voltar a doar depois de 3 meses, após o parto cesáreo, 6 meses;
  • Durante a gestação não se pode doar sangue.

O que é necessário para doar sangue?

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 16 anos (necessita de documentação e autorização, vide site) e 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido realizada até 60 anos);
  • Pesar, no mínimo, 50kg;
  • Estar descansado;
  • Estar bem alimentado (ver orientações sobre alimentação abaixo);
  • Apresentar documento original com foto emitido por órgãos oficiais.

O que me impede de doar sangue?

  • Resfriado: aguardar 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Gravidez ou suspeita da mesma;
  • Parto: aguardar 90 dias após parto normal e 180 dias após parto cesárea;
  • Amamentação: aguardar até a criança completar 12 meses de idade;
  • Ingestão de bebida alcóolica: aguardar 12 horas;
  • Tatuagens ou piercings: aguardar 12 meses;
  • Doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses após situação de risco aumentado;
  • Malária: aguardar 12 meses após a visita a estados de alta prevalência da doença: Acre, Amapá, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins.

Existe dieta especial para quem vai doar sangue?

No dia anterior à doação: alimente-se normalmente e hidrate-se bem.

No dia da doação pela manhã (das 07 às 12 horas):

  • Nunca doar sangue em jejum;
  • Alimentar-se com suco, leite desnatado ou extrato de soja, café, chá, pão com geleia, frutas (menos abacate, açaí e jaca);
  • Não ingerir leite integral e seus derivados (manteiga, queijo, iogurte) ou alimentos gordurosos, até três horas antes da doação;
  • Ingerir, pelo menos, 02 copos de água antes da doação;

No dia da doação à tarde (das 12 às 18 horas):

  • Tomar o café da manhã normalmente, a restrição quanto a alimentos gordurosos antes da doação, é de 03 horas;
  • Doar sangue 02 horas após o almoço (obedecer ao período da digestão);
  • Alimentar-se normalmente com carnes grelhadas, saladas, arroz, feijão;
  • Não ingerir alimentos gordurosos (frituras, ovos, massas, maionese, sorvete, chocolate e etc.);
  • Ingerir, no mínimo, 02 copos de água, antes da doação.

Após a doação, procure tomar de 2 a 2,5 litros de água, no decorrer do dia, mantendo hábitos alimentares saudáveis.