1° de dezembro, “Dia Mundial da Luta Contra a AIDS”. Este é o momento de entender esta doença que assusta muitas pessoas.

O objetivo da OMS (Organização Mundial da Saúde), junto a OPAS (Organização Panamericana de Saúde), é controlar a disseminação do vírus até 2030. Realizando a ampliação da cobertura de medidas de prevenção, atenção, suporte e tratamento para todas as pessoas que vivem de AIDS/HIV e identificar e acabar com as lacunas existentes entre aqueles que não estão sendo assistidos ou não sabem seu diagnóstico.

Ter HIV é a mesma coisa que ter AIDS?

NÃO!

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência adquirida, causador da AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida). Ataca o sistema imunológico, que é responsável por defender o organismo de doenças. As células mais atingidas são os linfócitos TCD4+, onde o vírus altera o DNA desses linfócitos, criando cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, o HIV rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção.

Há muitos soropositivos que vivem anos sem desenvolver a AIDS. A AIDS é o estágio mais avançado da doença que ataca o sistema imunológico, deixando o organismo mais vulnerável a diversas doenças, de um simples resfriado a infecções mais graves, como tuberculose ou câncer. O próprio tratamento dessas doenças fica prejudicado. Contudo, mesmo sem desenvolver a doença, os indivíduos conseguem transmitir, por isso é fundamental fazer o teste regularmente e se proteger em todas as situações.

É possível ter o vírus HIV e não desenvolver nenhum sintoma?

SIM!

O período entre a infecção e o aparecimento dos sinais e sintomas relacionados à AIDS, varia de indivíduo para indivíduo, podendo ser em média de seis meses a 10 anos, pois o sistema imunológico pode ficar preservado e com contagem normais de linfócitos CD4. É importante lembrar que, mesmo que a pessoa não apresente sintomas, ela é portadora do Vírus HIV, podendo assim, transmitir o vírus para outras pessoas.

 Fique atento! Na próxima semana você saberá mais sobre o dia Mundial da Luta contra a AIDS e terá mais informações importantes sobre a doença!